Tudo.ao.mesmo.tempo.agora

Review: Lost 6×08 – Recon

Posted on: 17/03/2010


Esta semana assistimos à ressurreição do nosso bom e velho Sawyer, o conman que conhecemos lá atrás, na primeira temporada. O oitavo episódio desta temporada, intitulado “Recon”, trouxe uma história bastante sólida, tanto na ilha quanto nos flashsideways. Talvez um pouco mais lenta, se comparada com os últimos episódios.

Minhas primeiras impressões foram:

  • Esses roteiristas realmente adoram dar títulos ambíguos aos episódios. “Recon” pode significar “reconaissance mission” ou missão de reconhecimento, no nosso bom português. Mas também pode vir do verbo em inglês “to con”, que significa enganar, tirar vantagem em cima dos outros. “To recon” seria algo como enganar duas vezes. Ambos os significados caem como uma luva neste episódio.
  • Eu juro que vou tentar deixar o meu lado shipper de fora deste comentário, então vou falar só agora e ficar quieta depois: Skate lives! Pronto, falei.
  • Fake Locke está confundindo a minha cabeça. Ele é bom, ruim, neutro…?
  • Crazy Claire e Crazy Sayid continuam doidinhos, doidinhos…

Falemos da ALT realidade primeiro. No flashsideways tivemos um dos maiores choques até agora porque o ALT Sawyer não existe. Quem existe nesta realidade é o Detetive James Ford e seu fiel escudeiro Detetive Miles Straume. E eu preciso comentar, Sawyer com um distintivo é TUDO.

Mas o que é importante sabermos aqui é que, mesmo sendo um policial, James Ford ainda tem todas as intenções de achar o Mr. Sawyer e matá-lo para vingar os pais.  Teve também a participação da Charlotte – que deveria ter continuado morta na ilha – como possível namorada do Sawyer. Doeu no fundo da minha alma assistir aos dois juntos. Sabe a falta de química que o Jack e a Kate têm? Então, multiplica por mil e vocês vão ter Charlotte e Sawyer. De resto, a outra coisa significativa que aconteceu no flashsideways foi o Detetive Ford acidentalmente capturar a fugitiva Kate Austen.

Já na ilha, Fake Locke e seu exército se reúnem com Sawyer e Jin e montam acampamento na floresta. Fake Locke manda Sawyer em uma missão de reconhecimento na outra ilha, alegando que os sobreviventes do Ajira Flight podem ser potencialmente perigosos. Por isso, ele quer que Sawyer – o melhor mentiroso que ele já viu – vá até lá e ganhe a confiança deles. Só que ao chegar lá, Sawyer descobre que todos os passageiros foram assassinados misteriosamente e encontra com a equipe de Widmore. Antes disso, ele passa pelas jaulas em que ele e Kate ficaram presos na terceira temporada e encontra o vestido que ela usou na época. Depois é capturado pela equipe de Widmore e levado para uma reunião com o próprio.

Uma vez dentro do submarino, Sawyer faz um acordo com Widmore, dizendo que vai voltar para a ilha principal e dizer ao Fake Locke que ele não encontrou ninguém lá e assim, atraí-lo para lá para que Widmore possa matá-lo. Em troca, ele quer uma passagem somente de ida para fora da ilha para ele e para quem mais ele quiser. Widmore fica desconfiado, mas aceita mesmo assim. De volta à ilha principal, Sawyer conta tudo o que aconteceu para o Fake Locke, inclusive do acordo com o Widmore.

Enquanto isso, Claire tenta matar a Kate numa cena que me roubou dois anos de vida pelo susto que eu tomei. Eu não quero que a Kate morra. Não quero, não quero, não quero! Foi bem assustador a Crazy Claire com aquela faca na mão, pronta para cortar a garganta da Kate. Mas aí o Fake Locke interfere e dá uma bronca fenomenal na Crazy Claire e bate nela, dizendo que as ações dela são totalmente inapropriadas. A ironia da cena foi sensacional. Depois ele a manda sentar num banquinho e ficar de cara para a parede, pensando no que ela fez. Ou não. Mas a moral da história foi esta. Ah, e é importante lembrar também que enquanto tudo isso acontecia, Sayid assistia a tudo apaticamente.

Mais tarde, ele encontra a Kate chorando e pede desculpas a ela pelo comportamento da Crazy Claire, dizendo que foi ele quem disse a ela que os Outros haviam seqüestrado o Aaron, pois ela precisava de algo que a mantivesse focada. Kate debocha dele, dizendo que é algo muito bem pensado para um cara morto. Depois, ele a leva até a praia com o pretexto de lhe mostrar para onde ele mandou o Sawyer. Lá, ele explica que ele a entende, pois ele teve uma mãe louca e por isso entende a preocupação da Kate com o Aaron.

No fim do dia, Sawyer encontra Kate e lhe conta todo o seu plano: ele vai deixar o Fake Locke e o Widmore se pegarem na porrada e enquanto eles estão ocupados, vai pegar o submarino e eles – Kate e Sawyer – vão embora da ilha.

Porque dirigir um submarino é a coisa mais fácil do mundo. Valeu, Sawyer.

No geral, um episódio mediano. A história avançou um pouquinho, foi focado sutilmente – ou não – no romance e preparou o terreno para o próximo episódio, que promete ser SENSACIONAL. Mas algo que foi definido é que a guerra está cada vez mais próxima e que vai ser bem intensa. Posso propor um bolão?

Quem vocês acham que vai ser o primeiro a morrer na guerra? O meu voto vai pro Sayid. E vocês?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog Tudo.ao.mesmo.tempo.agora

Categorias

Mais Avaliados

Blog Stats

  • 27,864 hits
%d blogueiros gostam disto: